"Kirsty Gusmão comenta artigo sobre reforma no ensino básico"

Ao abrigo do Direito de Resposta previsto na Lei de Imprensa publicamos na íntegra o comentário de Kirsty Sword Gusmão, Fundação Alola, referente ao artigo intitulado «Timor-Leste: Reforma no ensino básico pretende abolir língua portuguesa»
É de lamentar o facto do autor deste artigo não ter estudado bem a matéria. A «Política da Educação Multilingue Baseada na Língua Materna” pretende ajudar o estado timorense a alcançar os seguintes objectivos, em conformidade com as normas e a boas práticas internacionais:

1 – Objectivos da aprendizagem através da facilitação de maior acesso às matérias curriculares, incluindo cognitivamente a busca de informação e capacidades abstractas. Todos os alunos poderão ser multilingues (falando fluentemente todas as línguas visadas) e multiliterados (aptos a ler e escrever todas as línguas visadas) a fim de maximizar os benefícios cognitivos e comunicativos.

2 – Objectivos Linguísticos através do ensino da literacia inicial na primeira língua dos aprendizes, provendo bases de competências que prontamente possam ser transferidas para as línguas adicionais (Tétum, Português etc.)

3 – Objectivos sociais e económicos através da optimização da conexão casa-escola, criando maior coesão da família, maior taxa de participação nas escolas, melhorias nas taxas de sucesso em todas as escolas, e realização mais equitativa em toda a linha divisória de género, regional, rural e da classe social.

Pode-se ler o texto completo da Política e o seu Plano de Implementação aqui:

http://www.scribd.com/collections/3046404/Education-Policy-Law-and-Research
(c) PNN Portuguese News Network

Fonte: http://www.jornaldigital.com/noticias.php?noticia=27471

Anúncios

2 comentários

  1. Porque será que o link ao JornalDigital dá erro 404?

    Convém alguma atenção perante “plataformas” como esse digital jornal bem como à PNN e seus satélites. Não passam de extensões de manobra do grupúsculo de Maputo.

    É curioso constatar que a PNN tem de algum modo estado em “cooperação” com a Sapo.TL quase desde o seu início, no sentido de manobrarem a ponto de conseguirem inserção de notícias no Sapo.TL. O objectivo é levarem a água ao moínho de uma facção da oposição timorense.

    Algum cuidado e sentido de denúncia é necessário. O circo vai intensificar-se.

    Gostar

  2. Caro anónimo,

    o erro é de facto estranho … se se fizer uma pesquisa no google com o título da notícia, vai-se lá dar e o endereço é que se apresentou no post …

    De resto, cá estaremos para tentar que o circo não alastre!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: