PR de Timor diz que o seu país deve assumir encargos com segurança e educação para "aliviar" Portugal

Lisboa, 01 jul (Lusa) – O Presidente da República de Timor-Leste, José Ramos-Horta, disse hoje que está na hora de aliviar Portugal dos encargos que tem tido com o seu país nas áreas da segurança e educação.
“Uma forma de verdadeiramente ajudar Portugal é Timor-Leste começar a assumir maior responsabilidades nas áreas da educação e segurança para que não seja Portugal a assumir essa responsabilidade”, disse José Ramos-Horta.
O Presidente de Timor-Leste falava aos jornalistas após um pequeno-almoço de trabalho com o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho.
O chefe de Estado timorense garantiu que tudo vai ser feito para que a presença portuguesa em Timor-Leste nas áreas da educação, justiça e segurança não seja um encargo para Portugal.
“Portugal já fez muito por nós durante 24 anos de luta e nos últimos 10 anos. É altura de Timor-Leste assumir os encargos financeiros, Portugal emprestando apenas o know-how”, disse.
“Esta sim seria a parceria mais honesta neste momento e não estar sempre a pedir ajuda a Portugal”, sublinhou.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: