Galp avança com nova perfuração de petróleo em Timor-Leste

O presidente da Galp, Ferreira de Oliveira, esteve ontem em Timor-Leste para a conferência “Energia em Timor-Leste”.

O presidente da Galp, Ferreira de Oliveira, esteve ontem em Timor-Leste para a conferência “Energia em Timor-Leste”.

 

Liderança do projecto está nas mãos da Eni. Galp procura novas oportunidades de negócio na região.
A Galp energia deverá avançar, até ao final do ano, com a perfuração de um novo poço petrolífero em Timor-Leste, onde está presente, desde 2007, nos blocos A, B, C, E e H.
Com 10% do consórcio que tem como operador e principal accionista a sua parceira estratégia, a italiana ENI – que controla 80% do capital da empresa portuguesa -, a Galp continua a apostar nesta região do globo, mesmo depois do fracasso em torno do Cova 1. Esta perfuração revelou-se estar seca.
Localizado em águas ultra-profundas, estes trabalhos de perfuração custam, a preços de mercado, cerca de 80 a 100 milhões de dólares (55,5 milhões de euros a 69,4 milhões de euros).
Da estrutura accionista deste agrupamento, que está comprometido a concluir a fase de exploração até Novembro de 2013, faz ainda parte a petrolífera sul-coreana Kogas, com 10%.
No entanto, há ainda outras áreas de negócio que poderão vir a atrair o grupo liderado por Ferreira de Oliveira.

<!— Passatempo Anivers�rio ETV –>DAQUI

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: