Benfica subiu à montanha para homenagear Xanana

O presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, subiu hoje, domingo, a montanha onde o povo timorense resistiu heroicamente ao ocupante, para dar um abraço a Xanana Gusmão, “um adepto muito especial”.
Em Maubisse, onde fazia uma reunião com a população para ouvir as preocupações locais e explicar o seu Plano Integrado de Desenvolvimento, o primeiro-ministro interrompeu e desceu da tribuna ao avistar Luís Filipe Vieira.
“Benfica, Benfica”, clamou com a voz rouca ao microfone, arrancando uma salva de palmas aos muitos timorenses que estavam ali para o ouvir.
Xanana Gusmão apreciou o esforço da comitiva benfiquista em ir ao seu encontro e apresentou aos presentes Luís Filipe Vieira e Nuno Gomes. Depois passou o microfone ao presidente do Benfica.
“É uma emoção muito grande estar aqui ao pé deste Grande Homem e peço desculpa por interromper a vossa reunião, mas vindo a Timor tinha de estar perto de si”, disse Luís Filipe Vieira.
O líder do clube “encarnado” falou ainda de uma histórica fotografia de Xanana com um símbolo do clube: “Recordo perfeitamente da célebre fotografia sua com o boné do Benfica, mas agora vai ficar com um boné do Benfica campeão. E porque é um campeão também trago-lhe o cachecol do Benfica campeão e já a camisola para a próxima época, com o nome de Xanana Gusmão”.
Num gesto de simpatia e retribuição, o primeiro-ministro fez questão de autografar as cópias da “célebre fotografia com o boné do Benfica” que a comitiva trazia, prosseguindo com o discurso político à população.
Aos jornalistas, Xanana Gusmão disse que a vitória do Benfica no campeonato português de futebol lhe dá a esperança de os timorenses “também serem campeões em tudo o que fizerem”.
Enquanto esperavam para ver o líder carismático timorense, as autoridades tradicionais de Maubisse ensaiavam as suas danças preparando a sua saída do recinto.
A representação benfiquista regressou a Díli, fazendo uma pausa na GNR, e, apesar do apertado programa, ainda conseguiu jogar uma partida de matraquilhos.
Luís Filipe Vieira e Nuno Gomes falaram da subida à montanha, mas sobretudo daquele encontro com Xanana Gusmão. “Tinha de ser eu a entregar-lhe aquele boné de campeão”, comentou no final Luís Filipe Vieira.
Notícia e foto  Daqui

E ainda, :

Foto: “A Bola”

A BOLA homenageou Xanana e Ramos Horta

Por José Manuel Delgado, em Timor-Leste
Domingo foi dia de fazer justiça. De manhã, em Maubisse, Xanana Gusmão recebeu o emblema de ouro do nosso jornal. À noite, em Díli, foi Ramos Horta a merecer igual distinção.

Notícia completa
 

Anúncios

One comment

  1. “Xanana Gusmão e Ramos Horta são duas grandes figuras da história contemporânea, personagens incontornáveis da independência de Timor-Leste, ícones da luta pela liberdade que Portugal aprendeu a admirar.”

    Sem duvida!!

    Mas neste momento deve haver quem se sinta ignorado.
    🙂

    Mas como eh isto possivel se alguns blogues por ai tem vindo a envidar grandes esforcos para nos fazer crer que a grande maioria dos portugueses veem Xanana como traidor?

    Fomos todos enganados! Hahahaha.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: