Presidente Ramos-Horta -“Agradeço a Vossa Contribuição no Serviço à Comunidade”

PRESIDÊNCIA  DA  REPÚBLICA
COMUNICADO DE IMPRENSA


O Presidente da República, Dr. José Ramos-Horta, entregou oficialmente hoje, dia 25 de Março de 2010, metade do seu salário às entidades que considera mais necessitadas, dada a sua dedicação às comunidades mais desfavorecidas desta nova nação.

Da lista de entidades que beneficiaram desta oferta constam as Madres Canossianas do subdistrito de Iliomar, distrito de Lautém; as Irmãs Franciscanas de Calcutá, do subdistrito de Lolotoe, Bobonaro; a Clínica do Bairro Pité e o grupo de jovens “Hadomi Ambiente”, ambos em Díli; e a Fundação Mota Bandeira, subdistrito de Atsabe, Ermera. O valor da oferta é de USD$500 que serão atribuídos mensalmente a cada entidade.

Numa cerimónia que reuniu as diversas entidades, o Chefe de Estado afirmou que o seu salário se destinava às comunidades mais desfavorecidas, garantindo que não haveria qualquer outra intenção para além da vontade de ser solidário para com aqueles que diariamente se dedicam aos necessitados.

“Em meu nome e do Estado, gostaria de agradecer toda a vossa contribuição e dedicação no serviço ao povo deste país”, disse o Chefe de Estado aos presentes.

O “Presidente dos Pobres” acrescentou ainda que frequentemente visita as áreas remotas, verificando que, de facto, estas entidades requerem apoio de forma a poderem servir as camadas mais pobres na base da pirâmide social.

As Madres Canossianas, sediadas em Iliomar, dedicam-se às viúvas, idosos e crianças pobres daquela área, enquanto as Irmãs Franciscanas de Lolotoe têm a seu cuidado um dormitório para estudantes do sexo feminino da Escola Pré-Secundária de Lolotoe e um Jardim-de-Infância no mesmo subdistrito.

Além de oferecer assistência médica às comunidades, a Clínica do Bairro Pité dá apoio aos que padecem de malnutrição, VIH/SIDA e tuberculose.

Em Atsabe, a Fundação Mota Bandeira apoia os estudantes da Escola Profissional Agrícola e o grupo de jovens “Hadomi Ambiente”, empenhado na plantação de árvores, especialmente na cidade de Díli.

De acordo com a lei, a partir de Janeiro de 2010 o Presidente da República passou a receber um salário no valor de US$5 000. Metade do montante será distribuído pelas entidades mencionadas para que as mesmas possam desempenhar o seu papel de assistência à população na base.

CPR/DF

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: