Presidente de Timor-Leste em Bradford – Inglaterra


 
COMUNICADO DE IMPRENSA

 

Presidente da República revela desafios do combate à pobreza e pela reconciliação


Díli, 09 Mar (CPR) – O Desafio do Combate à Extrema Pobreza e pela Reconciliação foi o tema da palestra proferida pelo Presidente da República na Universidade de Bradford, Inglaterra, enquanto convidado de honra da PeaceJam Youth Conference.

 

O Dr. José Ramos-Horta fez a sua intervenção no âmbito de uma visita de trabalho que decorreu entre sexta-feira e domingo e que teve o ponto alto no sábado, com a palestra proferida perante dezenas de participantes, seguida de uma sessão de perguntas e respostas de carácter geral, nos contextos político, social e cultural.

O programa do Chefe de Estado ficou marcado na sexta-feira por um encontro com os representantes da Amnistia Internacional Cláudio Cardone – secretário-geral interino – e Isabelle Arradon, em que se abordou a recorrente questão de um Tribunal Penal Internacional para julgar alegados crimes contra a humanidade cometidos em Timor-Leste, do estabelecimento de mecanismos para a busca de pessoas dadas como desaparecidas e dos indultos.

Relativamente à busca de pessoas dadas como desaparecidas, o Prémio Nobel da Paz apoiou a ideia de mecanismos que possam vir a ser promovidos pela Amnistia Internacional.

Quanto aos indultos, chamou a atenção para o seu enquadramento legal em Timor-Leste e para a necessidade de os conceitos de “justiça” ou “impunidade” serem vistos num plano mais vasto, para além do meramente académico.

O Dr. Ramos-Horta apontou a conveniência de analisar e estudar – nesta matéria – as experiências de outros países que passaram por ditaduras, como Portugal e o Chile, ou guerras civis, como Moçambique.

Num colóquio realizado no Salão Nobre da Universidade de Bradford, a que assistiram políticos e diplomatas, académicos e estudantes, o Prémio Nobel da Paz fez referência ao Myanmar e frisou que as soluções terão sempre de passar pelo diálogo entre as partes em litígio, e não por sanções penalizadoras para a população indefesa e inocente.

O Presidente da República recordou a luta de libertação de Timor-Leste e o princípio adoptado pela resistência de nunca atacar inocentes.

A recuperação económica e o crescimento sustentado de dois dígitos desde 2008 em Timor-Leste foram assinalados pelo Chefe de Estado, que divulgou as suas iniciativas para promoção da paz nomeadamente através de grandes provas desportivas internacionais, como sejam a Maratona de Díli, o Tour de Timor, ou a Competição de Pesca, tendo sempre presentes as vertentes da cultura e da arte.

Uma palavra especial foi deixada para as boas relações mantidas com a vizinha Indonésia, que também contribuem de forma acentuada para a paz e estabilidade em Timor-Leste.

O objectivo de Timor-Leste – indicou – é ter um papel cada vez mais activo às escalas regional e global, esperando no curto prazo aderir como membro de pleno direito à Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).

A jornada fechou com uma reunião com jovens timorenses na Universidade de Bradford, a quem o Chefe de Estado explicou a situação em Timor-Leste e deu o bom conselho para aproveitarem a oportunidade de se encontrarem no Reino Unido para ganharem experiência necessária para a reconstrução nacional.

Os jovens apresentaram as suas preocupações sobre a educação, desporto e profissionalismo das instituições de segurança em Timor-Leste.

O Presidente da República concedeu ainda entrevistas a órgãos de comunicação social como a BBC- World Service Burma, Daily Telegraph e Agência Lusa.

No domingo, o Dr. Ramos-Horta esteve com os professores do PeaceJam e jovens colaboradores, tendo ficado ao corrente dos seus projectos antes da cerimónia de encerramento na Universidade de Bradford.

O Presidente da República iniciou no Reino Unido um périplo que o leva ainda à Irlanda, para uma Visita de Estado a decorrer entre segunda e quarta-feira, deslocando-se a seguir à Suíça, de 10 a 13, onde falará no Conselho dos Direitos Humanos, e finalmente ao Japão, para outra Visita de Estado, dos dias 14 a 20.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: