Parabéns Dr. Adérito de Jesus Soares nesta sua missão

imagem via Tempo Semanal
Parabéns ao Dr. Adérito de Jesus Soares pela integridade que sempre tem demonstrado e que se espera seja profícua neste seu cargo de extrema responsabilidade, enorme expectativa e atenção que sobre ele recai. Estamos seguros que assim será!

Neste momento, sanado “o circo de gazetas” por parte dos deputados da Fretilin a uma questão de extrema importância, eis que a marmota trincou o rabo. Vá lá, mais vale tarde que nunca. O curioso é que agora uns falam de um grande consenso, alargado, quando se opuseram desde o início a esta escolha. Só não via isso quem não queria. Perdeu-se muito tempo.

Alguns interessantes excertos de uma crónica perda de tempo, para que a memória não seja deturpada. A 10 de Dezembro de 2009 podia ler-se por aí:

Os deputados da FRETILIN rejeitaram a sentar-se no Parlamento, porque discordam da candidatura do Dr. Adérito de Jesus Soares. Soares foi o primeiro líder da bancada da FRETILIN na Assembleia Constituinte 2001-2002 – e deixou o cargo em 2002 / 2003 negando a reclamar os benefícios da sua pensão, como ex-membro do Parlamento. Ele foi o timorense que rejeitou os apelos feitos por Xanana Gusmão para sentar-se na Comissão da Verdade e Amizade de Timor-Indonésia.

Fontes do Tempo Semanal dentro da FRETILIN disseram que a FRETILIN está a boicotar a sua presença no Parlamento, porque não estão de acordo com a candidatura do governo. Uma dos deputados da FRETILIN disse que Adérito traiu a FRETILIN, porque ele estava envolvido no Grupo Fretilin Mudança, que em 2006 apresentou um caso ao Tribunal de Recurso contra os líderes da FRETILIN, Mari Alkatiri e Lu Olo, sobre a forma em que foram reeleitos para as posições executivas no partido da FRETILIN em Maio de 2006.

Já se está mesmo a ver o que se segue.

Sobre Adérito de Jesus Soares, eis alguns dados que podem interessar para se ver um pouco da postura nestes últimos anos.

Adérito de Jesus Soares, advogado, académico e activista de direitos humanos, tornou-se agora o primeiro Comissário da Comissão Anti-Corrupção, uma iniciativa do Governo de Xanana Gusmão.

Finalmente o Parlamento Nacional conseguiu reunir o quórum necessário e foi votada por maioria absoluta a candidatura de Adérito de Jesus Soares, algo que se arrastava faz bastante tempo com a intransigente tomada de posição, aliás falta dela até agora, por parte dos deputados da Fretilin, tendo apenas agora chegado a bom-porto esta decisão.

Pessoa altamente respeitada, fundador e membro do conselho de administração da La’o Hamutuk, uma importante ONG em Timor-Leste que monitoriza e reporta sobre as actividades do Governo e sobre as principais instituições internacionais presentes em Timor-Leste.

Fez parte da administração do Projecto de Monitorização do Sistema de Justiça em Timor-Leste e do Fórum de ONG’s aquando do seu estabelecimento em 2000.

Enquanto advogado trabalhou juntamente com a Unidade de Direitos Humanos da UNMIT e com o PNUD de forma a prestar formação em direitos humanos a todos os Deputados timorenses em 2004, tendo igualmente agido como advogado de defesa em vários processos políticos na Indonésia.

Foi também coordenador de advocacia de direitos humanos no Instituto de Política, Investigação e Advocacia de Jacarta.

Adérito de Jesus Soares é reconhecido como tendo sido um agente importante na redacção da Constituição da República Democrática de Timor-Leste. Encontra-se a fazer um doutoramento em Direitos Humanos Internacionais em Camberra, na Austrália.

Desde a independência Adérito de Jesus Soares foi indicado para diversas posições importantes, incluindo para Provedor e Comissário da Comissão de Verdade e Amizade. A nomeação como Comissário da Comissão Anti-Corrupção é a primeira posição que aceita.

“O Secretário de Estado Ágio Pereira referiu que o Sr. Adérito de Jesus é um homem de princípios e que agirá de forma independente, conforme os melhores interesses do Povo de Timor-Leste. Ágio Pereira congratulou todos os Deputados por terem tomado uma decisão tão sensível como esta com um profundo sentido de dignidade, a fim de salvaguardar os interesses nacionais. Ágio Pereira acrescentou “Esta demonstração de liderança por parte de todos os Deputados de Timor-Leste vem demonstrar uma vez mais a maturidade e a firmeza dos processos democráticos timorenses.””

“Esta é a primeira iniciativa anti-corrupção alguma vez implementada em Timor-Leste, só tendo sido possível graças à liderança inexorável do Primeiro-Ministro Kay Rala Xanana, que acredita que Timor-Leste pode conseguir responder aos desafios mais sérios da independência nacional através da adopção determinada de políticas de combate à corrupção, das quais o estabelecimento desta Comissão Anti-Corrupção é um exemplo.”

O maior dos sucessos para Adérito de Jesus Soares, Timor-Leste bem precisa!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: