Empresários Nacionais e Estrangeiros Convidados a Apoiar Iniciativas Presidenciais

Foto: PRDTL

C O M U N I C A D O D E I M P R E N S A

O Chefe de Estado, Dr. José Ramos-Horta, recebeu hoje uma centena de representantes da comunidade dos empresários nacionais e estrangeiros, que convidou a apoiar as iniciativas presidenciais pela paz e desenvolvimento durante uma cerimónia realizada no Palácio Nicolau Lobato, em Díli.

Em 2009, o Prémio Nobel da Paz lançou a iniciativa “Díli – Cidade da Paz”, com o objectivo de promover condições sociais pacíficas por forma a consolidar a estabilidade, a unidade e a soberania em Timor-Leste.

Depois do sucesso do Tour de Timor e da Competição Internacional de Pesca Desportiva, em 2009, a primeira Maratona de Díli está marcada para Junho próximo, desejavelmente com a participação de um milhar de Timorenses, num percurso com 42 quilómetros.

Ramos-Horta anunciou a concessão de um milhar de dólares norte-americanos para a formação de uma equipa profissional de Voleibol de Praia, à altura de competir em torneios nomeadamente na Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP).

O Programa Aventura, orçado em um milhão de dólares norte-americanos, que o Governo Timorense comparticipa com USD$100 000, é outro desafio para este ano, pensado para dezenas de participantes dispostos a enfrentar uma multiplicidade de obstáculos e provas em várias disciplinas desportivas.

Um Concurso de Fotografia Submarina nos paradisíacos bancos de coral timorenses é mais um dos reptos organizados com a colaboração de companhias aéreas e hotéis, para projectar internacionalmente o país e a sua boa imagem.

Um dos grandes vectores de “Díli – Cidade da Paz” é o combate à pobreza, em que ressalta um programa de construção de casas de muito baixo custo para os mais pobres de entre os pobres.

O Prémio Nobel da Paz explicou que a construção de cada uma destas casas não vai além de USD$2 000 e envolve a comunidade local, sobretudo a juventude, a quem é pago um salário diário enquanto decorre a obra.

Até à data e graças a esta iniciativa presidencial já foram construídas quatro dezenas de casas, sobretudo para idosos desamparados.

Ramos-Horta precisou que a ajuda do sector privado poderá colmatar a dotação de um milhão de dólares norte-americanos atribuída pelo Governo.

A dotação das escolas com equipamentos e merendas para os alunos foi outro dos desafios lançados, visando prevenir a irrupção de violência e alicerçar as bases de uma sociedade de paz e segurança.

O Chefe de Estado também chamou a atenção sobretudo para as carências alimentares dos doentes designadamente de tuberculose e SIDA que recebem tratamento na Clínica do Bairro Pité, em Díli, para a qual mandou cativar mensalmente USD$500 do seu vencimento.

Ramos-Horta revelou que, para fins filantrópicos, abdica todos os meses de metade do seu vencimento de Presidente da República e da totalidade dos honorários que lhe são pagos pelas conferências internacionais proferidas.

Mais uma vez, a comunidade dos empresários nacionais e internacionais foi convidada a dar um passo à frente e mostrar um gesto de generosidade.

CPR – Díli, 25.JAN-10
http://www.presidencia.tl/

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: