Ver para crer … Ou no caso, ler para escrever na história um marco como este

INTRO

Este post tem como objectivo complementar informações ao post anterior (Presidente da República declara “Ataúro Livre de Analfabetismo”).

 —1—

Nota:

  • Apesar de actualizado em 2009, o texto que descreve a acção dos Professores-Assessores Cubanos apenas se refere a períodos anteriores (2005 a 2007). Passo a citar:

Brigada de Profesores-Asesores Cubanos

A Brigada de professores cubanos tem contribuido à formação de recursos humanos qualificados. Seu trabalho começou com o ensino de espanhol língua estrangeira e depois fez treinamento ao pessoal designado para realizar a Campanha de Alfabetização que dará atenção a 200 mil pessoas que não sabem ler nem escrever.

Esta cooperação faz parte dos acordos tomadas na visita do Primeiro Ministro da RDTL a Cuba em dezembro de 2005. O primeiro professor cubano chegou em Timor Leste 20 de dezembro de 2005 e completaram 11 professores antes de terminar o ano.

Composição atual

Uma Brigada de 34 professores, todos Licenciados em Pedagogia, um deles com Mestrado e todos eles treinados para o ensino de espanhol língua estrangeira e todos expertos na implementação do Método de Alfabetização “Eu sim posso”.

Atividades desenvolvidas

–          Ensinaram espanhol a todos os alunos timorenses que partiram a Cuba para estudar Medicina.

–          Ensinaram espanhol a todos os alunos timorenses que estudam Medicina em Timor Leste com o novo programa de formação de médicos.

–          Implementaram a primeira experiência de alfabetização nos Distritos de Liquiçá e Díli em 2006.

–          Implementaram uma segunda experiência de alfabetização nos Distritos de Liquiçá e Baucau em 2006.

–          Realizaram treinamento prévio à Campanha de Alfabetização a monitores e coordenadores em todos os níveis do país.

–          Prepararam todos os materiais didáticos para os monitores e para todas as aulas.

–          Fiscalizaram todas as etapas da Campanha da Alfabetização.

–          Ajudaram na montagem das salas de aulas com os recursos formecidos pelo Ministério da Educação da RDTL.

Campanha da Alfabetização

–          Início da Campanha Nacional: 26 de março de 2007 com cerimónia de lançamento no Ginásio da UNTL.

–          Deslocação dos Professores-Assessores cubanos no território nacional atendendo todos os distritos.

–          Inauguração da primeira sala de aulas, com a presença do Presidente da República Dr. Ramos Horta, em 28 de junho de 2007. A sala esteve deslocada em Díli-Cristo Rei-Metiaut.

–          Já há mais de 486 salas criadas em todo o país.

–          A Campanha continua e já tem 1069 pontos a funcionar, com alunos registados em português e em tetum.

–          A Campanha acumula até o dia de hoje 36,500 timorenses alfabetizados pelo método cubano. 
—2 —

Cubans Help Fighting Illiteracy in Timor Leste

Havana, Jan 29 (Prensa Latina) Timor Leste’s Education Minister Joao Cancio Freitas affirmed on Thursday more than 15,000 people have learned to read and write in his country, thanks to the collaboration of Cuban teachers.

— 3 —

Microsoft PowerPoint – Sistema Educacao de Timor [Somente leitura]

Formato do ficheiro: PDF/Adobe Acrobat – Visualização rápida
Sistema da Educação Nacional,. Formação Pos-Escolar & Labour Market Pathways em Timor-Leste. João Câncio Freitas, Ph.D. Comissão Nacional Curricular do

Anúncios

3 comentários

  1. 1. January 29, 2009, 10:26 PM From: M. Az

    Gostaria de saber como é que Cubanos resolvem iliteracia em Português ou Tétum …
    Alguém sabe pormenores?
    Abraço,
    M.

    Cubans Help Fighting Illiteracy in Timor Leste

    Havana, Jan 29 (Prensa Latina) Timor Leste's Education Minister Joao Cancio Freitas affirmed on Thursday more than 15,000 people have learned to read and write in his country, thanks to the collaboration of Cuban teachers.

    During the fourth session of the 2009 Pedagogy Congress held every two years in Havana, the minister thanked Cuba for the cooperation given in the literacy campaign.

    In Timor Leste, there are 35 Cubans working in that program, intended to eradicate that scourge in two or three years, Freitas said.

    The minister noted he plans to meet with Cuban Higher Education Minister Juan Vela, and Public Health Minister Jose Ramon Balaguer.

    He said to have attended several of the Congress' conferences to gain new experience about anti-illiteracy initiatives fostered in Latin America.

    hr/dig/yea

    PL-26

    (continua)

    Gostar

  2. Este post é meio críptico … mas .. deixa assim.

    Gostar

  3. É uma tristeza. Parte-me o coração.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: