"Língua portuguesa ‘veio para ficar’ no Timor, diz diplomata"

Na fotografia, à direita, a Drª. Natália Carrascalão, Embaixadora de Timor-Leste. Imagem de arquivo © Margarida Azevedo

“Cidade da Praia, 19 nov (Lusa) – A língua portuguesa, “por uma questão de identidade, veio para ficar” no Timor Leste, onde cerca de 20% da população falam o idioma, informou nesta quinta-feira à Agência Lusa a nova embaixadora timorense em Cabo Verde, Natália Carrascalão.

Em entrevista concedida na Cidade da Praia, onde entregou, na quarta-feira, as credenciais ao presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, a diplomata ressaltou que, apesar dos constrangimentos sofridos pelos timorenses durante a ocupação indonésia (1975/2002), o português “fazia parte” da população.

“A língua portuguesa veio para ficar, porque foi escolhida pelos líderes políticos da época, na sequência daquilo que a população queria. O português é uma língua de timorenses também. Quando escolhemos a nossa língua foi por uma questão de identidade. Fazia parte de nós”, afirmou.

Atualmente, prosseguiu, as crianças já aprendem o português nas escolas, e os adultos com mais de 40 anos geralmente falam o idioma. “Muito rudimentarmente, mas falam”.

“A forma de pormos a língua portuguesa a andar para a frente passa também pelo apoio, por exemplo, da RTP Internacional, que é muito vista no Timor Leste, que poderia começar a passar programas mais agradáveis para que aquela juventude comece a vê-la e ouvi-la”, defendeu.

“Não quero estar a ser muito otimista, mas, se se percorrer Díli, já não deve haver ninguém que não saiba dizer algumas palavras em português. Posso ser muito otimista, mas acredito que pelo menos 20% da população já fale português”, referiu.

Sobre a situação atual no Timor, Carrascalão afirmou que o país vive um momento de grande desenvolvimento e, em 2010, começarão a ser vistos os resultados da aposta nas infraestruturas rodoviárias, portuárias e aeroportuárias, que vão, paralelamente, permitir desenvolver o setor do turismo.

Carrascalão, embaixadora do Timor em Portugal desde 24 de setembro, entregou na quarta-feira ao presidente timorense as cartas que a credenciam como embaixadora não residente do país em Cabo Verde, estando previsto, para breve, que faça o mesmo em Madri (Espanha).” (19/11/2009 19:04 | Agência Lusa)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: