COMUNICADO

O Secretário de Estado do Conselho de Ministros e
Porta-voz Oficial do Governo de Timor-Leste
Ágio Pereira

11 de Novembro de 2009
Díli, Timor-Leste

Governo empenhado em fornecer electricidade, estável e fiável, à Nação

O Governo de Xanana Gusmão actualizou o Parlamento Nacional sobre o processo de construção das Centrais Eléctricas, das Estações de Transformação e Linhas de Distribuição a nível nacional, que irão fornecer electricidade estável a todo o País, 24 horas por dia.

Os planos originais foram alterados após a contratação, por parte do Governo, de uma empresa de consultoria independente em 2009; uma medida de precaução para garantir que a Companhia contratada para construir as Centrais Eléctricas – a Companhia CNI22 – cumpre todos os requisitos necessários; e para integrar os objectivos recém-concebidos do Plano Estratégico de Desenvolvimento, o qual está prestes a ser concluído.

O Plano de Electrificação está actualmente integrado nos planos globais de desenvolvimento da Nação, visando satisfazer as necessidades energéticas a longo prazo para construir infraestruturas vitais e desenvolver indústrias em diversos sectores, incluindo o desenvolvimento na região sul de uma refinaria, uma base de fornecimento e uma indústria de GNL em terra.

As alterações ao plano e às datas, que prevêem actualmente a implementação para finais de 2011, irão permitir que o Governo tenha tempo suficiente para adquirir dois novos geradores para as Centrais, os quais poderão utilizar fontes energéticas a gás, gasóleo ou óleo pesado. A decisão sobre o combustível a utilizar será tomada em conjunto com o Parlamento Nacional, em fase de finalização do projecto, mediante a avaliação do quadro orçamental.

Algumas das outras alterações delineadas incluem o aumento da capacidade produtiva das Centrais Eléctricas de 180 Megawatts (MW) para 250 MW, o aumento da capacidade das Linhas de Transmissão de Alta Tensão de 110 KV para 150 KV e o aumento da extensão das linhas de transmissão de 630 Km para 794 Km.

O novo Plano de Electrificação inclui também a construção de Torres para as Linhas de Distribuição e Subestações, essenciais para a distribuição eléctrica à população e às áreas em desenvolvimento. Este plano garante a conformidade com os padrões internacionais.

O Porta-voz do Governo, Ágio Pereira, afirmou “A sociedade tal como a conhecemos hoje evoluiu devido à electricidade; com electricidade estável e fiável no País, este irá desenvolver-se.

O fornecimento eléctrico deve ser considerado um direito básico inalienável e o alicerce para o nosso futuro económico.”

“Não há dúvidas de que este é um plano ambicioso e inovador. O País nunca levou a cabo tamanha tarefa ao nível de infra-estruturas; este é um processo muito difícil; estamos a fazer aquilo que todos querem mas pelo qual ninguém quis assumir a responsabilidade: conseguir um fornecimento de electricidade 24 horas por dia.”

“Em algum momento teria de haver um Governo com coragem para tentar electrificar a Nação; e é o Governo de Xanana Gusmão a tê-la.”

Em 2010 o Governo aumentou também para o dobro o orçamento relativo a energias
alternativas.

FIM

Para mais informações é favor contactar:
Ágio Pereira +670 723 0011
Correio electrónico:
agiopereira@cdm.gov.tl

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: