12 Novembro 1991 – Arquivo & Museu da Resistência Timorense

“A programada visita de uma delegação parlamentar portuguesa a Timor-Leste é cancelada. Aproveitando a presença de jornalistas estrangeiros no território, os jovens timorenses manifestam-se nas ruas de Dili, rumo ao Cemitério de Santa Cruz para prestar homenagem a Sebastião Gomes, dias antes assassinado pelas forças indonésias.
Os militares indonésios abrem fogo sobre os manifestantes causando centenas de mortos, feridos e desaparecidos. Estas imagens, captadas por Max Stahl e Steve Cox, percorrem o mundo e levam a comunidade internacional a tomar posição contra a ocupação de Timor-Leste.
As perseguições que o ocupante lançou originaram a fuga dos principais responsáveis para as montanhas e para o exterior, obrigando a uma reestruturação das hierarquias da resistência clandestina, passando Keri Laran Sabalae a assumir a respectiva liderança. ” (AMRTIMOR)
No mesmo site pode aceder-se a um conjunto de fotografias desse dia de dor. Para memória … E em memória das vítimas, dos desaparecidos e de quem ficou e ainda sofre. Pela Humanidade … para que não mais se repitam atrocidades!
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: