Timor-Leste: “Acusar é fácil, justificar é difícil”,

diz PGR Longuinhos Monteiro

Dili, 29 Set (Lusa) – O Procurador-geral da República de Timor-Leste, Longuinhos Monteiro, declarou hoje em Díli à Agência Lusa que “acusar é fácil mas justificar é difícil”, acusando a classe política de “falta de maturidade”.


Longuinhos Monteiro foi entrevistado pela Lusa horas antes da primeira inquirição de um elemento do Estado-Maior das Forças Armadas sobre a transferência de armas em 2006.

“Fazer justiça não é tão fácil como acusar as pessoas publicamente. Acusar é fácil, justificar é difícil”, afirmou Longuinhos Monteiro à Lusa.

“O nosso trabalho é justificar. Mas não para satisfazer ninguém. Trabalhamos segundo a lei”, explicou.
O Procurador-geral timorense reagiu às críticas e ameaças de que tem sido alvo, considerando que a PGR “está entre a espada e a parede”.

“A verdade é a verdade e tem de ser esclarecida”, afirmou Longuinhos Monteiro.

…/…

Em paralelo, a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Presidente da República o levantamento da imunidade do chefe do Estado-Maior-general das F-FDTL, brigadeiro-general Taur Matan Ruak, e do ex-ministro da Defesa, Roque Rodrigues.

“O pedido foi feito há quatro meses e até agora não tivemos nenhuma notícia”, afirmou Longuinhos Monteiro.

…/…

Anúncios

2 comentários

  1. Ha ja algum tempo que tenho vindo a pensar sobre o porque dos constantes e incessantes ataques ao PGR sem qualquer consideracao para o facto de que ha na realidade uma enorme falta de recursos humanos para poder lidar com eficacia e celeridade os milhares de casos que vao se amontoando de dia para dia. Ha varias investigacoes em curso e muitas mais vao ter que ser feitas mas vao ter que esperar pela ocasiao oportuna.No entanto se Longuinhos nao investiga e’ porque quer esconder a verdade, se investiga e’ porque, nas palavra de Mari, quer decapitar o patrimonio historico da luta que sao as chefias militares do pais. Certamente que Mari tera ficado tambem muito incomodado pela possibilidade de o seu ex-ministro de defesa, Roque Rodrigues, ser inquirido sobre quem tera dado a aprovacao final para a distribuicao ilegal de armas da F-FDTL. Se Mari esta somente preocupado com a situacao do seu camarada Roque Rodrigues ou se e’ mais que isso vamos ter que esperar para saber.No entanto de muito pensar lembrei-me de uma noticia que corria ha algum tempo atras de que Ana Pessoa deveria substituir Longuinhos Monteiro na funcao de PGR. Nunca mais se ouviu falar disso e parece que esse plano tenha descambado.No entanto pergunto-me quanto destes incessantes ataques a pessoa de Longuinhos tera a haver com aquela noticia que ficou por se materializar?Afinal de contas que grande lotaria seria para a Fretilin ver nessa posicao um figura central do grupo mais restrito do partido.Certamente que fosse esse o caso nao haveria qualquer tentativa de ouvir as chefias militares sobre a distribuicao de armas da F-FDTL muito menos o PR teria que considerar um pedido da PGR para levantar a imunidade do camarada Roque Rodrigues para prestar declaracoes em tribunal. As verdades teriam que tomar segundo plano para dar lugar a solidariedade partidaria, que se perguntarem a Rogerio Lobato ele vos dira, e’ muito generosa.

    Gostar

  2. Elas são umas atrás das outras…Força anónimo SETEMBRO 30, 2008 3:48 AM… nada como colocar as coisas em pratos limpos.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: