20 SETEMBRO 1999 – Forças da ONU entram em Timor

Foi há, precisamente, 9 anos…


A INTERFET (força multinacional de paz para Timor-Leste, de 7 mil homens, comandada pela Austrália) começa a desembarcar em Díli, queimada, destruída e esvaziada dos seus habitantes.

Cerca de 250 mil timorenses são expulsos ou transferidos, pelas milícias, para a zona ocidental da Ilha, sob controle indonésio.
Milhares de pessoas tinham abandonado a cidade, refugiando-se nas montanhas próximas.

A violência pós-referendo causou entre mil e dois mil mortos.

O “Primeiro relatório periódico da força multinacional em Timor Leste” (que haveria de ser publicado a 29 de Setembro) relatava que, aquando da sua chegada a Timor, “a INTERFET encontrou um ambiente em que as infra-estruturas civis haviam sido seriamente
danificadas e onde não existia qualquer administração civil efectiva …

A situação era ainda pior pela efectiva cessação da administração civil indonésia em Timor-Leste e a suspensão da lei marcial no território … É necessário definir que sistema jurídico e policial interino deverá ser aplicado em Timor-Leste até à implementação da fase III. É imperativo que medidas urgentes sejam tomadas para resolver os problemas da administração civil e da falta
de infra-estruturas …”

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: